100 dias de mandato: Municípios enfrentam impactos da Covid-19 e gasto com pessoal

11 de Fevereiro de 2021 | Notícias

Os prefeitos eleitos tomaram posse no dia 1º de janeiro, dando início a um período muito estratégico ao mandato de um representante eleito para ocupar um cargo municipal. Durante os 100 dias de mandato, eles devem implementar ações relevantes que irão reverberar por toda a gestão e que precisam envolver medidas relativas à boa governança, definição de metas, formação de equipes e definição das prioridades do mandato.

Para auxiliar de forma prática os gestores públicos na construção dos planos de governo dos novos mandatos municipais, o CLP vem produzindo guias, ferramentas, boas práticas, encontros virtuais, vídeos e muito mais. Ao final do trimestre, faremos um encontro oline para avaliar como foram esses primeiros meses dos novos mandatos municipais, sempre balizados pelos dados do Ranking de Competitividade dos Municípios.

Neste artigo, você encontra dois pontos importantes que os prefeitos recém-eleitos devem se atentar para tornar seus mandatos mais eficientes e eficaz: os impactos econômicos que a Covid-19 deixará nos municípios brasileiros e gasto com pessoal exarcebado.

Inscreva-se para receber todos esses conteúdos e muito mais em primeira mão no seu e-mail.

 

Podcast Coisa Pública: Os impactos econômicos do coronavírus em estados e municípios

Com o início da pandemia no ano passado e o fechamento dos comércios, grande parte dos municípios brasileiros estão tentando se reerguer e ultrapassar a crise financeira causada pelo isolamento social. 

No podcast Coisa Pública, conversamos com o Fulvio Albertoni, secretário da Fazenda de Juiz de Fora (MG), para debater os os possíveis impactos sociais e econômicos da Covid-19 nos municípios brasileiros. Ouça o episódio.

 

Grandes cidades já bateram o gasto com pessoal em 2019

Os prefeitos e secretários municipais também devem se atentar a um grande desafio neste início de gestão: o gasto com pessoal.  

Segundo dados do Tesouro Nacional compilados no Ranking de Competitividade dos Municípios, mais de 20% das grandes cidades já ultrapassavam o limite de alerta de gasto total com pessoal no fim de 2019. O Diretor de Operações do CLP, Tadeu Barros, explicou a complexidade do tema ao Broadcast Política, do Estadão

 

Prefeitura lança canal de participação social

Visando debater a participação social dentro da gestão pública, a Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) do município de Osasco (SP) lançou o Participa Osasco, uma iniciativa de consulta online com os objetivos de ser instrumento de participação social onde a Prefeitura possa receber demandas, sugestões e propostas para criação e manutenção de políticas públicas.

Ele já possibilitou a aproximação da população com o poder público e foi referência para alavancar a participação social em audiências públicas referentes ao orçamento público (elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual). Acesse a Casoteca do CLP para saber mais sobre o Participa Osasco

Inscreva-se para receber todos esses conteúdos e muito mais em primeira mão no seu e-mail.