Entenda: Como o Ranking contribui para melhorar a transparência dos governos

30 de Junho de 2015 | Notícias

Como melhorar a transparncia

O Ranking de Competitividade dos Estados contribui para a transparência dos governos, uma vez que ele se configura como uma poderosa ferramenta de controle da gestão pública.

Aberto à população, a plataforma do Ranking oferece diversas possibilidades de interação e o retrato de cada estado em cada um dos 65 indicadores avaliados. Agora, a sociedade conta com uma ferramenta simples para acompanhar o trabalho do poder público estadual em prol da competitivade.

Desde que a Lei de Acesso à Informação entrou em vigor, muito se evolui na transparência fiscal dos governos, mas a falta de ferramentas de acompanhamento por parte da população ainda é um empecilho que precisa ser vencidos e assim, potencializar o poder da Lei.

A falta de diálogo entre governos e sociedade é um dos grandes problemas que gera entraves para a gestão pública fluir atendendo as necessidades da população. Esse problema advém de uma segunda falta: uma agenda de desenvolvimento, que deve ser proposta pelo poder público e construída em conjunto com a sociedade.

Com uma agenda clara e focos de atuação precisos, torna-se mais fácil governos envolverem a sociedade civil nas decisões e no enfrentamento daquelas que forem difíceis.

Essa aproximação entre poder público e sociedade é o próximo passo para atingir maior transparência no setor público, e o Ranking de Competitividade dos Estados fornece os insumos necessários para que governos identifiquem as áreas que carecem de maior atenção. Ciente do que deve ser melhorado, torna-se mais fácil propor as mudanças necessárias.

Com um plano bem definido, a transparência se torna realidade uma vez que a população dispõe de ferramentas de controle e tem em mãos um plano a ser seguido pelo governo eleito.